Ícone com o símbolo de libras Lê-se: Acessível em VLibras
Created with Sketch. Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.
Created with Sketch. Created with Sketch.
Ícone de expandir slides Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.

A Internet das Coisas (IoT, sigla de Internet of Things) é uma realidade no mundo todo. O conceito faz parte do dia a dia das pessoas, estando presente em muitos negócios, empreendimentos e até mesmo dentro das residências. 

Dispositivos conectados, operando em rede, são capazes de deixar a casa inteligente, otimizando tempo e recursos. E, quando isso acontece, a vida de quem mora nela fica muito mais simples.

Ao ouvir esse nome, você pode pensar que se trata de algo distante da realidade — ou de algum tipo de recurso mais utilizado por empresas. Mas não. É muito mais comum do que se imagina.

Há muitas soluções que podem ser utilizadas dentro de casa. Algumas delas, inclusive, têm preços acessíveis, mostrando que a IoT realmente faz parte das nossas vidas (e que chegou para ficar).

Confira a seguir!

O que é Internet das Coisas?

São gadgets interconectados, operando em rede. Ou seja, eles não dependem de outras soluções, ferramentas ou aparelhos para que funcionem normalmente. Estão diretamente ligados à internet, podendo captar e transmitir dados em tempo real.

No entanto, para que isso aconteça, é essencial ter uma boa infraestrutura de conectividade. Ou seja, uma conexão que viabilize o funcionamento e a integração desses dispositivos de modo contínuo, sem falhas ou interrupções. 

Aliás, aproveite para ver aqui qual é o plano ideal para o seu lar, de acordo com o número de moradores e com as atividades que costuma fazer. 

Imagem de uma jovem interagindo com projeções flutuantes.

Como funciona a Internet das Coisas?

Objetos físicos podem se conectar a usuários e à internet. Isso é IoT. Antes, dependíamos de dispositivos específicos para garantir acesso, como computadores, tablets e celulares. 

Hoje, isso já não é mais preciso, uma vez que o conceito baseia-se no uso de sensores inteligentes, como GPS e Bluetooth, para coletar e enviar dados à rede.

Tal movimentação permite que diversos aparelhos e/ou itens da casa sejam controlados a partir de outros locais. 

Alguns exemplos são televisores, iluminação, geladeira, fogão, portas, janelas e sistemas de som, entre outros. É a tecnologia a favor da praticidade e também da segurança!

Como a internet 5G se relaciona com a IoT?

A relação é total. Isso porque a quinta geração de telefonia móvel possibilita que mais dispositivos estejam conectados e operando em rede. 

E o melhor: dados são transmitidos e enviados em tempo recorde, o que favorece ainda mais a comunicação.

Sem dúvidas, o 5G deixará tudo mais ágil. Por conta dessa robustez, itens que utilizamos no dia a dia, como televisores e geladeiras, também poderão estar ligados à rede. Assim, estaremos 100% integrados e conectados.

Na foto, close de uma pessoa utilizando um tablet.

Quais exemplos de aplicações IoT no cotidiano?

Dentro de casa, a IoT possibilita que você controle o funcionamento de muitos aparelhos e sistemas utilizando apenas o celular. 

Isso inclui a iluminação, o ar-condicionado, os eletrodomésticos e os dispositivos de segurança, como câmeras e sensores, por exemplo.

Tal característica coloca os aparelhos móveis no centro dessa cadeia. Muitas vezes, eles concentram funções, sendo grandes responsáveis pela gestão dos recursos. Tudo sob o nosso comando. 

Conheça, abaixo, alguns exemplos de como a Internet das Coisas pode (ou já está) presente na sua casa. E sem gastar muito!

A Internet das Coisas (IoT) já é presente em diversos lugares

E aí, pronto para deixar sua casa mais inteligente com a Internet das Coisas? Equipamentos conectados à rede doméstica podem facilitar o seu dia a dia, garantindo mais segurança, disponibilidade e sustentabilidade. 

A boa notícia é que muitos deles são acessíveis, ou seja, não são algo que somente uma empresa grande conseguiria comprar, por exemplo.

Todos os anos, mais e mais dispositivos passam a ser utilizados pelo público. São celulares, máquinas de lavar, sistemas de monitoramento e sensores, entre outros. 

Só que, para funcionar corretamente, todos precisam de conexão. Por isso, equipar a casa com planos de internet robustos e adequados, é essencial. 

Viu como a IoT está cada vez mais presente nos lares e nas vidas das pessoas como um todo? Quer saber por onde começar aí na sua casa? Leia mais sobre o assunto nos nossos outros conteúdos abaixo.

Até a próxima!

Leia também:

Escolha sua cidade