Ícone com o símbolo de libras Lê-se: Acessível em VLibras
Created with Sketch. Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.
Created with Sketch. Created with Sketch.
Ícone de expandir slides Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.

Hoje em dia, a gente está tão conectado que, às vezes, fica até difícil lembrar como era a vida antes das plataformas e dos apps de alta performance a que estamos tão acostumados, não é mesmo? A praticidade é tanta que simplesmente não dá mais para ficar sem internet quando estamos longe do Wi-Fi — e aí entram os dados móveis.

Seja para trabalhar, trocar mensagens com o pessoal, ouvir música, assistir a séries, conferir as redes sociais ou pagar contas, sempre queremos uma internet rápida no smartphone.  

Mas, para melhorar a internet do celular, é preciso estar por dentro de alguns conceitos que permitem você ter controle sobre os dados que usa.

Então, continue por aqui que a gente explica o que são dados móveis e como economizá-los, para não ficar sem internet no celular! 

Homem segurando o celular olhando para a tela insatisfeito porque os dados móveis não funcionam Homem segurando o celular olhando para a tela insatisfeito porque os dados móveis não funcionam

O que são dados móveis?

Dados móveis são a internet que o seu smartphone consome quando não está conectado a nenhuma rede Wi-Fi. Eles são uma forma de você se conectar à internet usando a rede da sua operadora.

Esses dados são a quantidade de informações (um pacote de dados) que você pode usufruir da rede de telefonia da operadora contratada, no momento que escolheu o plano para o celular.  

De forma prática, os gigabytes do seu plano representam a quantidade de dados móveis que você tem. 

Isso mesmo. Toda vez que você usa a internet no seu aparelho sem estar conectado a uma rede Wi-Fi, está consumindo o pacote de dados do plano de internet móvel que contratou com a sua operadora. 

Como os dados são medidos pelos gigabytes (GB), fica fácil compreender que, quanto mais gigas, mais dados você tem para gastar. Mas é importante lembrar que você sempre deve acompanhar os seus gastos com dados móveis, porque dependendo do seu plano, caso use a mais você pode ter um custo extra. Então, monitore seu uso de dados móveis para evitar surpresas na fatura e garantir que você está utilizando seu plano de celular do melhor jeito. 

Para que servem os dados móveis?

Eles servem para nos manter conectados à internet, em qualquer ponto que houver cobertura da sua operadora. Com os dados móveis você pode utilizar aplicativos que precisam de conexão com a internet, como navegação na web, redes sociais, e-mail etc. Além disso, também dá para fazer chamadas de voz e vídeo através de aplicativos como o WhatsApp. Ah! A Vivo, por exemplo, tem planos onde o uso de algumas redes sociais e aplicativos são ilimitados, ou seja, você pode usar à vontade que não desconta nada dos seus dados.

Então, se você estiver em algum lugar que não haja Wi-Fi disponível, pode ter a segurança e a tranquilidade de conseguir acessar a rede sem problemas.

Mesmo que você use a internet para entrar nas redes sociais mais do que para qualquer outra coisa, é muito mais seguro estar fora de casa e conectado com alguém, certo?  

Mão mexendo no celular configurando a internet para que os dados móveis funcionem corretamente. Mão mexendo no celular configurando a internet para que os dados móveis funcionem corretamente.

Qual é a diferença entre dados móveis e Wi-Fi?

Ambos têm dinâmicas diferentes de funcionamento. O Wi-Fi precisa de uma conexão tradicional (com cabos) e um transmissor que emite os sinais de internet pelo ar em um certo raio de efetividade. 

A emissão desse sinal pode ser aberta ou fechada, e o acesso pode ser limitado e restrito ao uso de senhas ou endereços físicos (MAC). 

Ah, dependendo do número de pessoas que têm acesso à rede, a velocidade do sinal pode ficar comprometida. Por isso, é sempre bom saber como melhorar o sinal do Wi-Fi compartilhado.

Já as redes móveis são alimentadas por torres de celular (estações base), que estão espalhadas por todo o Brasil, fornecendo a energia necessária para o seu smartphone receber e realizar chamadas e ter acesso à internet. 

Essas estações utilizam protocolos de comunicação padrão específicos para a transmissão de pacotes de dados móveis, mas têm alcance limitado. 

São como sistemas de rádio, transmitindo dados de internet e voz para os dispositivos eletrônicos que estão nas proximidades.

Por esse motivo, é importante que as redes de telefonia móvel estejam distribuídas por todo o país: à medida que você se locomove, por exemplo, de um Estado para outro, o seu celular vai continuar conectado à web, movendo-se entre as estações. 

O que significa as letras E, G, H, H+, 4G e 5G na conexão?

Uma vez que você faz uso dos dados móveis, umas letrinhas começam a aparecer na barra de notificações, ao lado dos sinais de conectividade e bateria, certo? 

Cada uma representa uma tecnologia diferente de internet móvel, que varia conforme a potência do sinal e a distância que você se encontra das torres de celular. 

Então, quanto mais próximo das grandes cidades você estiver, mais conseguirá aproveitar a velocidade móvel. A seguir, veja o que significa cada uma das letras:

  • GPRS – G (General Packet Radio Service): conexão mais antiga e, claro, lenta de todas. A velocidade está na faixa de 14.4 Kbps, o que quer dizer que vai levar muitos minutos até ver algumas fotos e textos. Pode-se chamar de internet 2G; 

  • EDGE – E (Enhanced Data rate for GSM Evolution): já foi considerada uma boa banda larga há um tempo, com velocidade variando de 175 a 218 Kbps. É melhor que a G, mas muito lenta para os apps e plataformas atuais; 

  • HSPA – H (High Speed Packet Access): pode-se dizer que é um 3.5G, já que atinge a faixa de 7.2 Mbps. Com ele, é possível fazer o download de músicas e alguns vídeos com maior velocidade; 

  • HSPA+ – H+ (Evolved High Speed Packet Access): se você vir essas letrinhas no seu aparelho, pode ficar feliz, pois é a melhor velocidade nos dispositivos 3G (é um 3.75G, que varia de 14.4 Mbps a 168.8 Mbps); 

  • 4G – LTE (Long Term Evolution): essa é a tecnologia é bastante recente, podendo atingir mais de 100 Mbps. Contudo, não é todo lugar que tem acesso à rede 4G, estando mais disponível para as grandes cidades e arredores; 

  • 4G – LTE-A (Long Term Evolution-Advanced): é a evolução do 4G. Essa tecnologia promete até 1 Gbps teóricos; 

  • 5G: foi chamada de quinta geração de internet móvel e traz mais velocidade para downloads e uploads, além de maior cobertura e mais estabilidade nas conexões. Ela é, em média, 10 a 50 vezes mais veloz que a rede 4G. Algumas cidades já têm essa conexão disponível e cada vez mais locais estão recebendo a tecnologia; 
  • 6G: a rede 5G ainda dá seus primeiros passos, mas a substituta já virou pauta. A expectativa é de que as redes 6G superem as de 5G, apresentando velocidades de até 1 Tb/s (banda que não é disponível nem mesmo para conexões residenciais e cabeadas). Ainda deve demorar um pouco para ser implantada.

O que é 5G? Entenda mais sobre a nova tecnologia

O que é o 5G?

Como colocar dados móveis no celular?

Para poder ter acesso à internet, é preciso estar vinculado a um contrato com uma operadora de telefonia móvel. Então, basta você escolher uma empresa e montar um plano de internet que seja perfeito para as suas necessidades.

Aqui na Vivo é assim! Com os diversos planos para celular que temos disponíveis, certamente você encontrará um que seja a sua cara, para nunca ficar sem internet.

Com o Vivo Pré, por exemplo, você tem minutos ilimitados para celulares e fixos, WhatsApp ilimitado e ainda ganha bônus ao acumular dinheiro em recargas. 

Já o Vivo Controle é para quem quer saber exatamente os seus gastos com dados móveis. Com o plano mensal fixo que for melhor para você, as surpresas passam bem longe da fatura do celular!

Agora, o Vivo Easy é para quem precisa de mais flexibilidade no plano de internet. É você quem define a quantidade de gigas, os minutos para chamadas e as diárias para aplicativos. Dessa forma, você só paga pelo que consumir, de fato.

Mas se você é do tipo fiel e não abre mão de disponibilizar seus dados móveis ao aplicativo favorito, temos um pós-pago como você nunca viu: já vem com assinatura inclusa. Você pode escolher entre sete planos: 

Leia mais:

Como compartilhar dados móveis?

Se você está com a galera ou com alguém que está sem internet, sabia que é possível compartilhar os seus dados móveis?

É bem simples, mas é preciso que o seu smartphone tenha a tecnologia para agir como um roteador. Então, acesse as configurações de internet e redes do seu aparelho, lá você pode procurar algo como roteador. O modo de liberar essa função pode variar de acordo com o modelo, sistema operacional ou a versão dele.

Depois que ativar, você só precisa compartilhar a senha da sua rede com quem você quer liberar o acesso. Ah! Alguns aparelhos conseguem fazer isso usando até mesmo a função de Bluetooth. Assim que não quiser mais compartilhar dados móveis é só desativar a função.

E quem é Vivo Pré ou Vivo Controle tem mais uma opção de como compartilhar dados móveis. Ao invés de fazer isso em tempo real, você pode usar o App Vivo para enviar uma quantidade definida de dados móveis. Além disso, além de enviar, você também pode pedir Megas ou Gigas para os seus contatos usando o app. 

A transação é feita inteiramente pelo app e não tem custo nenhum, tanto para quem envia quanto para quem recebe.

Como verificar os dados móveis do celular?

A internet começou a ficar mais lenta? Pode ser que a quantidade de dados móveis esteja no limite. 

Para evitar aborrecimentos e manter tudo sob controle, basta acessar o menu “Configurações” do seu dispositivo eletrônico e abrir a aba “Uso de Dados”, tanto no Android quanto no iOS. 

Ali, você encontra detalhes sobre as informações de consumo de internet, como uso diário, semanal e mensal.  

Dependendo de qual for a fabricante do seu aparelho, há a opção de restringir o uso de dados por mês, ou seja, assim que atingir a quantia determinada, os dados móveis são desligados automaticamente. 

Todos os serviços e facilidades da Vivo em um único app

Dentro do aplicativo da Vivo você também pode acompanhar o consumo dos seus dados móveis. Ele indica o quanto você já gastou e o quanto ainda pode usar, além de indicar a data em que o seu plano de dados é renovado.

Fora isso, dentro do aplicativo você ainda pode ver mais informações do seu plano, pedir segunda via de fatura, trocar de plano se quiser e contratar mais Gigas de dados móveis para navegar mesmo longe do seu Wi-Fi. 

 

Imagem de um celular o App Vivo aberto e ao lado um QR Code.

O que significa limite de dados?

É a quantidade que você tem disponível para usufruir e que foi estabelecida ao contratar o plano de internet móvel

Nesse ponto, é importante lembrar que cada app que você queira executar consome determinada quantia de dados.  

Por exemplo, um episódio de 50 minutos na Netflix pode consumir até 250 Megas. Então, se você tem um pacote de dados de 4 gigas, você conseguirá assistir a 12 episódios semelhantes, entendeu?

Além disso, a maioria das operadoras envia uma mensagem SMS avisando quando você atingiu 80% dos dados móveis. Assim, é possível economizar um pouco. 

Como economizar dados móveis?

Mesmo com um plano bem-definido e o controle dos seus gastos na ponta no lápis, pode ser que o seu pacote de dados móveis estejam acabando mais rápido do que planejou. 

Isso acontece porque muitos dos dados que o seu dispositivo está baixando da rede móvel não são solicitados — é o caso dos aplicativos que rodam em segundo plano.

Esses apps costumam usar constantemente a rede para te manter conectado, fazendo com que o pacote seja consumido sem que você perceba. 

Por isso, é importante estar sempre com a versão atualizada dos aplicativos, além de configurar direitinho o acesso deles à internet e o limite de download que podem fazer. 

Todas aquelas imagens e vídeos que você recebe no grupo da família podem consumir os seus dados móveis, bem como comprometer a memória de armazenamento do seu smartphone.

Além disso, uma forma de economizar o uso de dados móveis é adquirindo um plano Vivo para a família. Assim, vocês montam um plano de acordo com as suas necessidades, com muita internet para ninguém ficar na mão. 

Leia mais:

Como saber se minha internet é 4G ou 5G?

Para saber qual rede de internet móvel o seu aparelho está utilizando, é só verificar as letrinhas que aparecem na barra de notificações. Explicamos o significado de cada sigla alguns tópicos antes.

De resto, é preciso saber se o modelo do seu celular e o seu chip têm tecnologia compatível para acessar as redes mais modernas, como o 5G, por exemplo. 

Homem sorridente mexendo no celular e feliz que os dados móveis estão funcionando normalmente. Homem sorridente mexendo no celular e feliz que os dados móveis estão funcionando normalmente.

Como funciona o 5G no Brasil?

tecnologia 5G é a quinta geração de internet móvel desenvolvida. Ela tem ultravelocidade de download e upload até 10 vezes mais rápida que a rede 4G.  

Em outras palavras, é uma tecnologia que utiliza melhor o espectro do rádio, permitindo que mais aparelhos se conectem à rede ao mesmo tempo. Os especialistas no assunto falam que o 5G possibilita a conexão de mais de 1 milhão de dispositivos por metro quadrado.

Na prática, isso quer dizer que tudo o que já fazemos pela internet vai ser ainda mais rápido e sem interferências. As chamadas de vídeo serão praticamente instantâneas, e os jogos online não vão travar. Bom demais, não é?

As possibilidades do uso do 5G são inúmeras, e podem refletir na sua casa, conectando seus aparelhos para deixar seu lar mais inteligente. Não só a velocidade, mas também a qualidade e estabilidade das conexões também melhoram com o uso do 5G.

Por isso, a previsão é que essa rede seja usada não só para jogos ou navegação na internet e redes sociais, mas também para avançar a medicina, cidades inteligentes, drones, automatização de processos na indústria e no agronegócio, além de ampliar a capacidade de uso de robôs e inteligência artificial.

Mas e para você na Vivo, o que melhora?

O 5G dentro da Vivo

A tecnologia do 5G já chegou na Vivo. Para todos os planos o uso do 5G está liberado sem nenhum custo adicional, porém é preciso cumprir alguns requisitos antes: 

  1. O plano com acesso você já tem, porque todos os da Vivo já estão liberados; 
  2. Tenha certeza que o seu smartphone é compatível com o 5G; 

  3. Estar na área de cobertura, que você pode consultar aqui

  4. Ter um chip com a tecnologia de acesso ao 5G. 

Se você tiver um plano, celular, chip e estiver na área de cobertura já pode começar a experimentar o 5G. Por enquanto aqui na Vivo, todas as capitais do país já têm a rede 5G concluída, e novas cidades estão recebendo a rede.

Caso a sua cidade ainda não tenha, você pode acompanhar as notícias da Vivo e o nosso mapa de cobertura para ficar sabendo quando vai ficar disponível na sua região.

Agora que você já sabe o que são os dados móveis e como melhorar a sua experiência na internet do celular, apostamos que a expectativa pela rede 5G deve estar nas alturas — assim como a nossa — não é?

Até a próxima! 

Leia mais:

Escolha sua cidade