Ícone com o símbolo de libras Lê-se: Acessível em VLibras
Created with Sketch. Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.
Created with Sketch. Created with Sketch.
Ícone de expandir slides Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.

Na hora de escolher o melhor plano de internet residencial, é preciso prestar atenção a alguns fatores que proporcionam uma boa experiência de conexão. Entre eles, a velocidade de internet, que permite que você e sua família assistam a filmes e séries em aplicativos de streaming sem interrupções para carregar as imagens.

Até aí, tudo bem. Mas, vem cá: você sabe o que significa Mbps?

Essa é a sigla da unidade de medida da velocidade da internet — é ela que quantifica a capacidade da rede de transmitir os dados. O conceito ainda está um pouco confuso? Não se preocupe, a gente já vai descomplicar. 

Além de saber o que é Mbps, você vai entender o que significam outros termos importantes quando o assunto é velocidade da internet. Vamos lá?

Imagem de um contador de velocidade de mbps Imagem de um contador de velocidade de mbps

O que significa Mbps?

A primeira dúvida a esclarecer é “o que é Mbps?”. Saiba que Mbps — ou simplesmente “mega”, como costumamos falar — é a abreviatura de megabit por segundo e é a unidade utilizada para medir a velocidade da banda larga

Essa medida equivale a 1.000 kilobits (Kbps) por segundo ou 1.000.000 de bits por segundo. Note que Mbps é diferente de MB/s (megabytes por segundo), que equivale a 8.000.000 de bits por segundo.

Então, quando você contrata um plano de uma operadora de banda larga, como Vivo Fibra, escolhe qual será a velocidade de download (falaremos mais sobre isso abaixo), e não o limite de transmissão de dados (que, caso você exceda, precisa contratar uma extensão). 

Em outras palavras: quanto mais Mbps, mais rápida será a conexão, isto é, mais informações a sua rede receberá por segundo, entendeu?

Esse termo é importante, porque determina quanto tempo sua internet residencial vai demorar para baixar um vídeo, por exemplo. 

A Netflix recomenda uma velocidade de, no mínimo, 25 Mbps para assistir a filmes e séries com qualidade Ultra HD. Isso, levando em conta que tenha apenas um dispositivo conectado à rede e que o Wi-Fi esteja funcionando bem.

Aqui é um bom momento para destacar que, nem sempre, a velocidade da internet é a vilã da má experiência com a conexão. Às vezes, a internet é compartilhada por muita gente ou o sinal está comprometido por alguma razão. Seja qual for o caso, é interessante saber se a sua casa precisa de um repetidor Wi-Fi.

Imagem de uma mulher de frente para um notebook de boca aberta. Imagem de uma mulher de frente para um notebook de boca aberta.

O que é largura de banda?

A largura de banda (ou bandwidth) é o que determina a velocidade de uma conexão à internet. Ou seja, a banda larga é a quantidade de dados que você pode receber e enviar em um determinado período. E, quanto maior for a largura da banda, mais rápida será a conexão.

Isso porque o número da largura da banda indica a velocidade com que os dados trafegam através de uma rede. 

Pense em uma autoestrada. Concorda que em uma via com cinco pistas passam mais carros do que em outra com três, no mesmo intervalo de tempo? É assim que funciona com a transmissão de dados também.

Aí é que entram os Mbps, já que a largura de banda é medida com essa unidade: bits por segundo. 

Então, se você escuta falar em “conexão de 5 megas”, saiba que se trata de uma conexão de 5 Mbps (5 megabits por segundo), o que significa que a rede em questão é capaz de mover 5 milhões de bits em um segundo.

O que é latência e por que isso faz diferença na sua internet?

#vivoguru

O que é velocidade de download?

Lembra que falamos no tema há pouco? A velocidade de download mostra quanto tempo demora para que as informações passem do servidor da operadora para o seu computador ou celular. Ou seja, é a rapidez com que a sua conexão é capaz de baixar os diferentes arquivos, como:

  • Áudios;
  • Vídeos;
  • Documentos;
  • Imagens. 

Essa é a velocidade apresentada pelas operadoras para vender seus planos de internet fixa.

Isso porque quase tudo que a gente faz na internet depende de um download, seja de um vídeo inteiro ou apenas para carregar uma página no navegador. 

Então, quando você quer baixar e salvar uma foto que recebeu por e-mail, por exemplo, e se dá conta de que o arquivo demora um certo tempo para descarregar, quer dizer que a sua velocidade de download não é muito boa.

O que é velocidade de upload?

A velocidade de upload também é divulgada pelas operadoras para oferecerem seus planos, mas esse número sempre vai ser menor do que a velocidade de download. E não tem problema nenhum nisso, porque usamos o upload com menor frequência. 

Essa é a velocidade em que você envia um arquivo para o servidor, como quando enviamos um e-mail, subimos um vídeo na rede social ou fotos e mensagens para os contatos do WhatsApp.

Imagem de pai e filho jogando video game sentados no sofá Imagem de pai e filho jogando video game sentados no sofá

O que é o ping na velocidade da internet?

Ping é a sigla para Packet Internet Groper. Essa medida mostra quanto tempo os dados levam para chegarem até o servidor de internet e voltarem para você. Quanto menor o resultado, melhor será a qualidade da sua banda larga. 

Ele é medido em milissegundos (ms) e é uma medida importante para quem gosta de jogar online, pois conexões com respostas rápidas são importantes para um jogo sem delays.

O que é jitter?

Quando ocorre uma variação com atraso na entrega dos dados em uma conexão, a gente costuma dizer que a rede está “congestionada”, certo? Essa expressão se refere ao jitter, que é uma interrupção na sequência normal da troca de dados, considerando o envio e o recebimento durante a conexão.

O jitter é medido por meio de testes ping, ou seja, indica a variação de medições sucessivas de testes ping. Portanto, um jitter 0 mostra que todas as medições foram iguais. Da mesma forma que o ping, quanto menor for o resultado, melhor.

Quanto é 50 megas em Mbps?

Como explicamos no início do artigo, o Mbps equivale a 1.000 kilobits (Kbps) por segundo ou 1.000.000 de bits por segundo. Então, se a conexão é de 50 megas, significa que passam 50 megabits por segundo pela sua rede, ou 50 milhões de bits em um segundo.

Parece um montão, não é? Agora, imagina o tanto de coisas que você e sua família poderiam aproveitar com uma conexão de 600 mega. É para ninguém mais botar defeito!

Imagem de uma mulher trabalhando no seu notebook e a família mexendo em outros eletrônicos no fundo. Imagem de uma mulher trabalhando no seu notebook e a família mexendo em outros eletrônicos no fundo.

Quanto de Mbps é bom?

Essa pergunta só você e sua família vão poder responder juntos. Isso porque tudo depende das atividades que vocês fazem conectados, dos hábitos de uso e se vocês compartilham o sinal ao mesmo tempo. A boa notícia é que os cabos de fibra óptica permitem que a conexão atinja velocidades excelentes.

Para a maioria das famílias brasileiras, uma velocidade de download de 50 Mbps costuma ser suficiente. Porém, se você trabalha de casa ou quer fazer o download de jogos, talvez precise de uma internet melhor. Ah, e para garantir uma boa jogabilidade e ter ótima experiência com os jogos online, lembre-se de combinar a velocidade de upload aos seus cálculos, hein?

Independente da velocidade buscada, o importante é saber que a Vivo tem opções de pacotes variados para atender exatamente o que você precisa!

Velocidade da internet móvel

Agora, quando falamos em internet para o celular, o jeito de escolher a melhor para você é um pouco diferente. Isso porque a velocidade é padrão nos planos das operadoras. A Vivo, por exemplo, conta com a internet até 10 vezes mais rápida no 4.5G. Consulte a área de cobertura.

Por isso, os planos são divididos pela quantidade de dados que você vai ter à disposição, medida por gigabyte ou apenas “giga”. E já sabe, né? A Vivo também tem planos de internet móvel para você curtir uma conexão que caiba no seu bolso, sem aborrecimentos.

Alterou a velocidade, mas ainda tem problemas? Saiba como resolver

Você sabia que para algumas migrações de velocidades na Vivo, não é necessária a visita técnica?

Se você já tinha uma internet Fibra e solicitou uma mudança de velocidades a partir de 100 Mbps, seu modem já é compatível e sua velocidade será atualizada em até 24h.

Se você ainda tem algum problema e não está conseguindo navegar como o esperado, testes as orientações abaixo:

  •  Primeiro, reinicie seus aparelhos, tente ligar e desligar seu modem;
  •  Desconecte-se da sua rede wifi e conecte-se novamente. Faça o mesmo com seu roteador;
  •  Pode ser necessário restabelecer algumas configurações de fábrica de seu modem, pra isso, é necessário introduzir um palito no orifício atrás do modem escrito reset, segurar por 15 segundos e retirar.

Atenção: ao realizar o reset do equipamento, o modem restaura as configurações padrão da Vivo, perdendo qualquer configuração particular que foi realizada no equipamento. Anote as configurações de rede do Wi-Fi e Wan para atualizar. OK?

  • Faça o teste de velocidade e funcionamento da internet com outro navegador;
  • Se está com dúvida sobre a velocidade de navegação, você pode fazer um teste no seu App Vivo através do SpeedTest conectado ao seu W-Fi. Para isso, clique na opção ‘testar velocidade’ dentro do App ou por aqui.

Não conseguiu resolver? No App Vivo temos a opção de suporte remoto, você pode fazer testes de velocidade, ter suporte técnico online ou abrir um chamado para resolver seu problema.

Faça o download, acesse sua conta e clique na opção de suporte. Você pode também ligar no 103 15.

Reinicie o modem

A internet não está funcionando? Se o problema não está no encaixe dos cabos, pode ser algo do próprio roteador. Oscilações e picos de energia são exemplos do que geralmente influencia seu funcionamento.

Nesse caso, é bom desligar o modem e ligá-lo novamente. Sabe como fazer isso? Preste atenção em alguns detalhes:

  • O roteador costuma ter um botão de on/off. Aperte-o e deixe o aparelho desligado por alguns minutos, por precaução;
  • Aperte o botão novamente, para ligar o modem;
  • Espere a estabilização das luzes, que vão garantir o bom funcionamento do seu Wi-Fi;
  •  Tente conectar seu dispositivo na rede. Se funcionar, o trabalho está feito. Se não, vá para o próximo passo a passo.

Reset o modem

Outra forma que pode dar certo é resetar o modem. Isso significa que você vai restaurar as informações de fábrica do aparelho. Então, todas as configurações de internet feitas até então serão apagadas.

Para isso, siga estas instruções:

  • Procure o botão de reset no seu modem, que fica na parte traseira. Geralmente, é uma trava interna, que precisa de um palito para pressionar;
  • Segure esse botão por cerca de 10 segundos e solte-o logo na sequência;
  • Aguarde o modem reiniciar e verifique o funcionamento das luzes.

Outra forma de fazer isso é pelo próprio navegador. Veja como:

  • No seu computador, abra o “Prompt de Comando”, digitando CMD na barra de tarefas;
  • Na tela preta que abrirá, digite “IPCONFIG” e pressione a tecla Enter;
  • Procure em “Gateway Padrão” um número de, geralmente, nove dígitos, que é o IP do modem;
  • Agora, abra seu navegador e digite o IP, pressionando Enter. Se pedir admin e senha, é só procurar essas informações na parte traseira do modem;
  • Nas configurações do seu modem Vivo, procure por “Gerenciamento”, depois clique em “Reiniciar”;
  • Entre as opções, selecione “Reconfigurar” para restaurar as configurações de fábrica.

Muito bem, agora você já sabe o que significa Mbps e todos os outros termos que precisa se atentar quando for escolher o pacote de internet. Nada complicado, não é? E com a gente é assim mesmo: tudo explicadinho para você fazer a escolha ideal e não se preocupar com a velocidade da sua conexão.

Agora que você entendeu sobre a velocidade da internet, conheça os planos da Vivo.

Até breve! 

Escolha sua cidade