Ícone com o símbolo de libras Lê-se: Acessível em VLibras
Created with Sketch. Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Right Icon Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.
Created with Sketch. Created with Sketch.
Ícone de expandir slides Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.

Fraudes através de ligações falsas

Quer saber quais são os golpes mais comuns por telefone? Tire agora mesmo todas as suas dúvidas sobre ligações falsas em nome da Vivo.

Redução de custos telefônicos

Nesta fraude, uma empresa se passa por parceira da Vivo para oferecer redução e/ou descontos na sua fatura. Após a confirmação de dados, eles emitem um boleto falso e orientam o pagamento.

A Vivo não efetua esse tipo de ligação e nem possui parcerias com empresas que oferecem serviços de redução de custos telefônicos. A sua fatura é enviada diretamente para o endereço físico ou e-mail cadastrado – além de estar disponível no App Vivo. 

Ilustração de uma mulher falando no celular. Atrás dela, um smartphone rodeado por moedas.

Falsa troca de aparelho

O fraudador liga para o cliente (geralmente à cobrar e de um número restrito), se passando por funcionário da Vivo, oferecendo a troca de aparelho por um modelo mais novo e com um preço atraente. Para convencer, diz que o cliente foi contemplado por uma promoção e que para receber o novo aparelho, basta autorizar o pagamento do valor promocional via cartão de crédito. Em alguns casos, se o cliente recusa a oferta, o golpista força a troca do aparelho, afirmando que é obrigatória.

A Vivo reforça que não realiza esse tipo de ação e, jamais liga à cobrar ou de números restritos/bloqueados.

Ilustração de 2 smartphones, com flecha indo do mais antigo para o mais novo, ao lado de um homem.

Fraude por chip clonado

O cliente recebe a ligação de uma pessoa que se identifica como funcionário da Vivo e informa que o seu chip foi clonado. Com a falsa intenção de corrigir o problema, o golpista solicita que o usuário mantenha o celular desligado por uma hora. Nesse intervalo, os bandidos entram em contato com a família, normalmente para alegar sequestro e pedir algum tipo de resgate. 

A Vivo pode pedir para que você reinicie seu aparelho, mas não que fique com ele tanto tempo desligado. Por isso, fique alerta!

Ilustração de um smartphone e um Vivo Chip gigantes ao lado de uma mulher.

Obtenção do código do App Vivo

Neste caso, o cliente recebe uma ligação informando que foi contemplado na promoção Recarga Premiada e receberá um SMS com o código do App Vivo. Com o cliente em linha, o falso atendente pede para informar esse código e assim obtém acesso a todas as informações ao acessar o aplicativo.

É importante esclarecer que a Vivo não solicita esse código ou senhas – e essa atuação trata-se de uma fraude. Até porque tais dados são pessoais, intransferíveis e não devem ser compartilhados nem mesmo com um atendente.

Ilustração de uma mão segurando um smartphone. Na tela do aparelho, um envelope aberto e o texto SMS

Veja outros tipos de fraudes:

Escolha sua cidade